Como atualizar o windows? Entenda quais são os tipos e para que serve

Um processo que pode reduzir o trabalho dos técnicos durante a execução da política de manutenção corretiva e preventiva é a aplicação dos diferentes tipos de atualizações do Windows.

Elas são estruturadas para entregar ao usuário correções do código-fonte do sistema e novos recursos. Ou seja, otimizam a experiência de uso e dão mais disponibilidade de recursos para quem trabalha com o Windows diariamente.

Quer saber mais sobre o tema e os tipos de atualizações do Windows que podem te ajudar a executar processos de manutenção preventiva e corretiva? Então leia o texto a seguir!

O que são atualizações do Windows?

As atualizações do Windows são mudanças no código-fonte do sistema operacional liberadas pela Microsoft regularmente. Elas tem como objetivos adicionar funcionalidades para o software, corrigir erros e brechas de segurança. Além disso, podem remover recursos e atualizar serviços paralelos.

Por que elas são importantes?

Cada tipo de atualização do Windows tem um fim. Em geral, elas são distribuídas principalmente para corrigir erros do sistema. Isso dá mais segurança para o usuário e torna o seu dia a dia mais eficiente, afinal, o número de problemas no software cai continuamente.

Há também atualizações que fazem grandes mudanças no Windows. Elas podem entregar uma versão completa do sistema ou apenas adicionar recursos para o usuário. Desse modo, o SO pode se manter atualizado e alinhado com as principais tendências de TI.

Algumas atualizações auxiliam a Microsoft a corrigir problemas paralelos ao Windows. Elas são validadas pela empresa e aplicada a softwares parceiros, como as do pacote Office e as que são aplicadas para atualizar drivers dos hardwares internos. A sua aplicação, neste caso, é opcional.

Quais são os tipos de atualizações?

Para otimizar a sua política de manutenção corretiva e preventiva com os updates de software, é importante entender quais são os principais tipos de atualizações do Windows existentes.

Isso auxilia o negócio a montar uma rotina mais inteligente para os seus técnicos, além de evitar a aplicação de mudanças em uma hora ruim. Entre os principais tipos de atualizações, podemos apontar:

  • as atualizações críticas: resolvem problemas no código-fonte que não afetam a segurança, mas sim a performance do sistema;
  • atualização tradicional: corrige problemas que não são críticos ou não são relacionados a falhas de segurança no software;
  • atualização de driver: está direcionada para a correção ou atualização dos drivers do dispositivo do usuário;
  • atualizações de segurança: são feitas para corrigir problemas que afetam diretamente a segurança e a privacidade do usuário;
  • service pack: utilizada principalmente nas versões antigas do Windows, os services packs acumulam vários tipos de atualizações lançadas durante um determinado período, tornando o processo de correção de bugs mais ágil;
  • atualização de recursos: lançadas em intervalos maiores, elas liberam grandes mudanças para o sistema.
  • atualização de qualidade: funcionam como service packs, distribuindo ao usuário updates de diferentes épocas em um único pacote.

Todo negócio tem uma política de manutenção preventiva e corretiva para o seu dia a dia. Conhecer os diferentes tipos de atualizações do Windows, nesse cenário, é fundamental para tornar o negócio mais focado em falhas críticas. Afinal, elas são o primeiro passo para otimizar a sua infraestrutura e reduzir problemas de confiabilidade.

Por isso, sempre que for investir em uma política de manutenção corretiva e preventiva, faça a verificação dos tipos de atualizações do Windows que podem ser aplicadas ao seu dia a dia. Isso evitará que o usuário fique exposto a bugs e facilitará a integração de novidades ao dia a dia de cada setor. Assim, o negócio conseguirá montar uma infraestrutura de TI muito mais confiável.

Outra solução que ajuda no uso seguro da TI é o firewall. Saiba mais sobre ele e as suas funcionalidades no blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *