3 tipos de outsourcing de TI que você precisa conhecer

Existem diversos tipos de outsourcing de TI, mas, por conta da falta de informação, muitos gestores ainda acreditam que esse tipo de parceria é muito limitada, e deixam de utilizar serviços que poderiam ser muito interessantes para sua empresa.

Do outro lado, prestadores de serviços acabam deixando de prestar determinados processos, atividades e tarefas que poderiam ampliar a sua cartela de clientes e trazer maior rentabilidade para o negócio.

O objetivo deste post é mostrar para você quais são os principais tipos de outsourcing e como eles podem auxiliar nos processos tecnológicos de uma empresa e otimizar o seu dia a dia! Acompanhe!

O que é outsourcing de TI?

Antes de partir para os tipos de outsourcing, precisamos estabelecer o conceito desse modelo de negócios. Podemos dizer que o outsourcing nada mais é que o uso de provedores externos para ofertar serviços internos de tecnologia.

Isso inclui as mais diversas soluções e vai bem além de apenas realizar a manutenção de equipamentos e redes. Podemos incluir aí o desenvolvimento de software, atualização de hardware, gestão de ativos de TI e diversos outros serviços.

Quais os tipos de outsourcing de TI?

Existem vários modelos de outsourcing e cada um deles pode suprir uma determinada demanda, dependendo de o gestor analisar cada opção de acordo com as necessidades da empresa. Abaixo, alguns deles.

1. Offshore

Aqui, a organização contrata uma empresa parceira em outro país para realizar suas atividades de TI, sendo que destinos muito procurados para esse serviço são a China e Índia.

Existem algumas vantagens, como redução de custos e acesso a novas tecnologias, porém, a distância pode se tornar um problema, além da comunicação com outras línguas e culturas.

2. Nearshore

Nesse modelo, a empresa contrata uma prestadora que esteja localizada em países próximos, podendo aproveitar questões como fuso horário e redução de custos, porém, os problemas relativos a diferentes legislações continuam.

3. Onshore

A opção é pela contratação de um prestador de serviços que atue no país, sendo que, mesmo que o custo possa parecer mais alto em um primeiro momento, existem menos problemas de adaptação.

A integração de ferramentas e o acesso ao suporte são muito mais simples e rápidos, além de ambas as partes estarem protegidas pela mesma legislação vigente.

Quais as vantagens do outsourcing de TI?

Por mais que alguns gestores ainda tenham receio de utilizar soluções de outsourcing, existem várias vantagens que garantem que essa opção pode ser muito interessante para qualquer empresa.

Redução de custos

O principal benefício é a redução de custos, uma vez que é possível terceirizar toda a infraestrutura, soluções e mão de obra, eximindo a empresa de investir diretamente em toda essa tecnologia.

Acesso à tecnologia de ponta

Como as empresas de outsourcing prestam serviços para as mais diversas companhias, elas estão sempre atualizando suas ferramentas e equipamentos, contanto com o que há de melhor e mais moderno no mercado.

Utilização de mão de obra especializada

Os profissionais que atuam em empresas de prestação de serviços em TI são altamente qualificados e contam com um grande know-how adquirido com a participação em diversos projetos, nas mais variadas áreas.

Como você pode perceber, definir um dos tipos de outsourcing de TI para a sua empresa pode ser a melhor saída para garantir as melhores ferramentas e tecnologias enquanto seu time interno se dedica exclusivamente ao seu negócio.

Quer mais motivos para contratar uma consultoria em tecnologia? Então leia agora mesmo nosso próximo artigo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *